6 Informações que todos os profissionais de SEO devem saber

6 informações todo profissional de seo deve saber

 

No mundo do Marketing online, qualquer mudança que ocorra no funcionamento da busca do Google gera uma eternidade de informações e desinformações que rapidamente acabam virando uma “verdade” na internet. E Muitos profissionais de SEO podem estar sendo guiados por essas desinformações ou mitos.

Hoje apresentarei 6 informações que todos os profissionais de search engine optimization deveria saber:

1 – Metags Desciptions não ajudam no ranking do seu site
Isso mesmo, metatags desciption não ajudam mais no ranking, porém ainda continuam sendo importantes, pois formam o texto que será exibido com o link nos resultados de busca.

2 – Quantidade de links de entrada, não significa qualidade
Todas as atualizações recentes dos algoritmos do Google foram com o objetivo de fazer com que a qualidade sobreponha a quantidade, isto é, fazer com que links relevantes estejam acompanhados com textos únicos e relevantes.

3 – Pagerank não é mais o fator fundamental
Quanto maior o número do Pagerank, maior a posição do site. Essa afirmativa não é mais verdade, pois com os novos algoritmos do Google, Pagerank se tornou apenas mais um fator levado em conta para o “rankiamento” do site.

4 – Domínios cheios de palavras-chave não garantem posições
Nos tempos passados, ter um domínio com palavras-chave, garantia ótimas posições no buscador, porém isso não existe mais. De acordo o Google, o site que tiver mais relevância com a busca, isto é, for uma autoridade no tema pesquisado, será listado no topo da pesquisa, independente de ter ou não palavras-chave no domínio.

5 – Não é mais necessário informar seu website para o Google
Em 2001, este era o procedimento, porém em 2012, não mais. De acordo com o Google, se há alguma conexão de algum site para o seu, ele será indexado pelo buscador.

6 – SEO significa trapacear o buscador
Essa é a maior mentira que circula pela internet. Lógico que existem profissionais que vivem para burlar os buscadores, porém esse absolutamente não é o melhor caminho para um excelente SEO. O excelente profissional de SEO, desenvolver um site com textos relevantes, informativos e únicos, e também com um código “limpo”, “white hat”, isto é, de acordo com as regras do buscador.

Você concorda com essas afirmações? Deixe sua opnião e vamos debater.

Fonte: YOW
Anúncios

Tenha cuidado com a Bolha de Filtros Online

Eli Pariser Bolha de Filtros

A bolha de filtro é um conceito batizado por, Eli Pariser, um ativista digital americano, que questiona os algoritmos usados por sites como Google, Facebook e até alguns veículos de comunicação para exibir, de forma diferenciada para cada usuário, conteúdos que estejam supostamente relacionados com coisas pelas quais o internauta demonstrou interesse no passado.

De acordo com Eli, esta prática é perigosa, pois as pessoas progressivamente deixarão de acessar conteúdos que lhes seria importante, apesar de nunca ou raramente ter acessado elas anteriormente, desconstruindo a identidade pessoal de cada um.

Confira a apresentação a “Bolha de Filtros”:


Fonte: Midiatismo

Google with Social Stats: Descubra os Conteúdos mais Compartilhados no Twitter, Facebook e Google+

O Google é o maior mecanismo de busca na internet e, devido a sua popularidade, ele é o primeiro site que você pensa quando precisa pesquisar alguma coisa. O site é prático, rápido e com uma interface muito simples. Porém existem algumas informações que gostaríamos de encontrar no resultado de busca do Google, como por exemplo:  quantas vezes uma página foi compartilhada.

Por este motivo o maior buscador do mundo lançou o Google with Social Stats, um buscador que usa a base do Google para trazer os resultados e adiciona o número de compartilhamentos no Twitter, Facebook e Google+.

Pesquisa Google with social stats Fisgo.com.br

Acesse o Google with Social Stats e utilize a ferramenta para descobrir os conteúdos mais compartilhados nas mídias sociais.

Confira o vídeo da nova ferramenta:

 

 

Fonte: Midiatismo

6 Dicas de Como Melhorar o Posicionamento de sua Página do Facebook no Google

comentarios-curtir-facebook-fan-page-brasil

As páginas do Facebook estão aparecendo nos resultados de buscas do Google em posições orgânicas de destaque. Na verdade, nos últimos meses venho visualizando não somente o Google, como também o Bing, Yahoo e Ask. Por este motivo apresentarei alguns fatores que o ajudará a impulsionar sua página no Facebook para o topo nos resultados dos mecanismos de buscas:

  1. Número total de Seguidores: Quanto mais like sua página recebe, mais autoridade ela ganha;
  2. Conteúdo Enviado: Conteúdos recentes e fresquinhos, no que diz respeito à posts, fotos e comentários, maior a probabilidade dos spiders rastrearem primeiramente o seu conteúdo;
  3. Relevância de conteúdo: Deve se perguntar: Será que todo o conteúdo que é postado dentro da minha página está relacionado com o principal tema da página?
  4. Grandes Marcas: As grandes organizações possuem altas reputações, portanto recebem prioridade nos resultados das buscas;
  5. URL: A URL de sua página do Facebook deve conter palavras-chave que sua empresa quer posicionar;
  6. Idade da Página: Este é pura especulação, mas aparentemente páginas mais antigas no Facebook possuem um peso maior no posicionamento do que as mais recentes.

Lembrando que todos os itens citados acima são apenas sugestões que podem ou não funcionar em algumas determinadas páginas. O melhor a fazer é testar todas as possibilidades e constantemente monitorar o desempenho.

E você conhece alguma dica para rankiar melhor as páginas do Facebook nos buscadores? Compartilhe, deixe sua opinião.