Como criar a Landing Page perfeita para a sua campanha de E-mail Marketing

O melhor caminho para estabelecer uma relação comercial com os seus clientes, não é social media e nem o seu blog. É o e-mail.

O blog Kissmetrics explica que as pessoas esperam ofertas por e-mail.

“Com o e-mail, você pode “treinar” os seus clientes a que esperem por ofertas e ao mesmo tempo ensinar-lhes o seu valor, dia após dia.”

Se você imagina um ciclo de vendas em que seus clientes possam conhecer, gostar e confiar em você, o e-mail é a parte da “confiança”.

Mas como conseguir que as pessoas comprem de você depois de já ter “entregado o ouro” com o e-mail? Leve-os a uma Landing Page!

Uma Landing Page é a melhor forma para fechar um negócio

Primeiramente, quero falar sobre levar os usuários para a sua landing page.

Se você estabeleceu um ritmo regular de envio de e-mails aos seus potenciais clientes, eles provavelmente estão acostumados a receber conteúdo valioso e não somente comercial. A regra de ouro é uma proporção de 3 para 1 em se tratando de conteúdo não-comercial para conteúdo orientado a vendas.

O seu conteúdo deve ser bastante educativo, mas o seu principal objetivo é vender a sua oferta. Você precisa aplicar todas as suas melhores cartas de vendas em seus e-mails comerciais. Venda os benefícios, não os recursos. Responda as dúvidas dos seus clientes, providencie depoimentos. Agregue valor para que o preço pareça menor na comparação.

Quando eles estiverem quase prontos para comprar, você deve levá-los para a sua Landing Page, usando um call-to-action no seu e-mail, como um botão ou um link “comprar agora”.

Depois de conseguir que os usuários saiam do e-mail e entrem na sua Landing Page, o que fazer?

Para continuar com o conceito “conhecimento como confiança” nós temos que adicionar um botão “comprar”. A Landing Page permite que você transforme “confiança” em uma relação comercial com os seus clientes.

Você precisa criar uma Landing Page específica para a sua campanha de E-mail Marketing

Como falei anteriormente, você precisa criar diferentes Landing Pages para cada campanha ou produto que irá vender. Para ajudar no gerenciamento de cada campanha enviada, há muitas apps disponíveis. Eu recomendo entre outras, Doppler, MailChimp e E-goi.

Cada Landing Page tem uma proposta específica. Usar Landing Pages para as suas campanhas de E-mail Marketing tem como alvo principal vender um produto ou um serviço aos seus clientes.

Para ajudar você a criar uma Landing Page de sucesso para os seus esforços em E-mail Marketing, vou passar cinco dicas para fechar mais vendas.

1.   Faça com que o título da página coincida com a oferta do e-mail

Se você está oferecendo um curso online sobre “Como Treinar o seu Cão em 3 Semanas” e tem realizado um bom trabalho para vender o valor deste curso no seu e-mail, a sua Landing Page necessita ter o mesmo título.

A razão é simples. Você quer manter o fator “confiança”. Confiar é a base para qualquer transação comercial. Se a sua Landing Page apresenta algo totalmente diferente ou se ela não é objetiva em relação ao tema do curso “Como Treinar o seu Cão em 3 Semanas”, os usuários deixarão a página rapidamente, um pouco confusos e preocupados.

2.   Ter uma página bem projetada

A sua Landing Page deve apresentar uma aparência profissional para reforçar a confiança de que você a criou pensando nos seus clientes potenciais. Isso porque você estará pedindo às pessoas as suas informações de crédito e eles se tornarão mais cautelosos de imediato. Os seus “detectores de fraude” são fortes. Eles precisam de todas as garantias de que você não vai pegar o dinheiro deles e fugir.

Um design pobre com cara de que foi criado em 15 minutos é o melhor caminho para perder a confiança dos usuários. Uma aparência profissional é uma das melhores formas para ganhar confiança.

3.   Apresentar o fator Sim-Sim

Sean D’Souza fala sobre o fator sim-sim. Forneça aos seus clientes duas opções de compra: o produto normal com o preço padrão e uma segunda opção com um bônus especial por um valor um pouco maior.

Seus clientes estão mais propensos a comprar o seu produto. Por que isso? Quando você oferece uma opção adicional, como um produto com um bônus, seu cliente fica mais animado. Eles querem a opção com o pacote por um preço um pouco maior.

E você quer que o seu cliente gaste mais dinheiro com você ao mesmo tempo que vão estreitando os laços.

4.   Adicionar mais fatores de confiança

Eu estou realmente insistindo no fator “confiança”, não é? Pois é, isso é mesmo muito importante.

Bryan Eisenberg entende as necessidades de confiança. Ele escreveu um texto sobre pequenos pontos que podem aumentar as taxas de conversão. Essas são as garantias que dão aos seus clientes uma tranquilidade. Podem ser utilizadas logomarcas de empresas de segurança como a Thawte ou a imagem de um pequeno cadeado, deixando claro que a informação do cartão de crédito estará segura.

Seus clientes necessitam total garantia no último minuto de que seus dados estarão em segurança antes de clicar no botão “comprar”.

5.   A reversão do risco

Se você já realizou um bom trabalho no seu e-mail, seus clientes já estão cientes dos muitos benefícios de comprar o seu produto. Eles já leram todos os pontos e sabem o que terão. Além disso, eles entenderam o diferencial da sua oferta e você já respondeu às duas dúvidas.

Mas os seus clientes estão sempre com medo. Eles estão sempre com o medo de cometer um erro. Eles estão preocupados com algum risco desnecessário.

Como você pode reduzir o risco na cabeça dos seus clientes? Apresente a eles a reversão do risco. Jay Abraham, cujo nome se tornou sinônimo de reversão do risco, diz que quando você tira o fator de risco para o cliente, suas vendas decolam.

A reversão do risco pode ser algo como “Restituição Integral, Sem Perguntas”, ou ainda mais poderosa, “Restituição Integral + 10% para o Seu Problema”

Eu realmente recomendo o vídeo de Jay Abraham sobre esse tema.

É uma questão de confiança

Ao criar uma Landing Page para a sua campanha de E-mail Marketing é produzida uma continuidade desta confiança, o que ajuda a realização do negócio. A sua Landing Page precisa tranquilizar os seus clientes de que eles estão no lugar certo. O seu design precisa comunicar essa confiança, assim como o seu título.

Você também precisa deixar os seus clientes contentes com as opções de escolha que possuem. Apresentar a eles dois caminhos: a sua oferta padrão e algo um pouco mais caro, mas com um bônus. Isso aumenta a chance de eles comprarem, assim como aumenta a chance de eles gastarem mais dinheiro.

Então você deve deixar seus clientes tranquilos, clareando as coisas com itens de confiança. Eles não te conhecem pessoalmente e eles não querem seus dados de cartão de crédito nas mãos erradas. Deixe claro que com você, eles estarão em segurança.

Você precisa dar-lhes a certeza de que não estão cometendo um erro. Deixo o risco bem longe deles e veja as vendas subirem.

Entre outras ferramentas para criação de Landing Pages, eu recomendo Lander, Unbounce e HubSpot. Você poderá enviar automaticamente os novos leads para a sua aplicação de E-mail Marketing. É muito fácil e efetivo!

Quais são as suas Landing Pages para E-mail Marketing que obtiveram sucesso? Quero saber!

Anúncios

Google Engage: Nova plataforma para pequenas agências e profissionais do mercado digital

Google Engage Brasil

O Google, acreditando no sucesso da economia digital no Brasil, trouxe uma nova ferramenta para ajudar pequenas empresas a criar e gerenciar sua presença online. Intitulado de Google Engage, a novidade têm como objetivo ajudar estes profissionais a tirarem o melhor proveito do mercado publicitário digital, ou a entrarem neste universo.

No Google Engage, a empresa encontrará uma série de treinamentos e ferramentas gratuitas para o seu desenvolvimento e de suas campanhas online.  Outra vantagem da nova plataforma é que ela também foi desenvolvida para web designers, profissionais de marketing online, “freelancers” e desenvolvedores, possibilitando a construção de um escritório virtual.

Google Engage Brasil 1

Para os iniciantes, o Google disponibilizará dez cupons no valor de R$150,00 para utilizar em novas contas do Google AdWords.
Não perca tempo , acesse o Google Engage clicando no link e comece seu escritório virtual.

Fonte: Blog Google

Google Analytics Content Experiments: Faça testes de layouts e conteúdo

Após a integração do Website Optimizer com o Google Analytics, Mountain View anunciou a criação de um novo produto para o Google: Google Analytics Content Experiments.

O novo produto do Analytics permitirá que os usuários testem os layouts, conteúdos e desenhos, mostrando diferentes versões para diferentes visitantes.

Google Analytics Content Experiments1

Nir Tzemah, da equipe do Google Analytics, informou que a ferramenta de análise mede a eficácia de cada versão da página, e com um motor avançado de estatísticas, determina a versão mais eficaz.

Confira o vídeo:

Fonte: iMaster

Novidades do Google Analytics em 2012

google-analytics-logo

Janeiro de 2012 é o mês para as novidades, e Google Analytics não ficou para trás, e disponibilizou algumas novidades para o início deste ano, confira:

  • Relatórios de velocidade do site

Você poderá visualizar quais páginas em seu site carregam mais lentamente. Páginas que carregam lentamente, geralmente fazem com que os visitantes saiam frustrados. Com esta ferramenta você poderá ver o tempo médio de carregamento por página do seu site. Para acessá-la, vá para a seção “Conteúdo” e clique em “Velocidade do site”.

velocidade-site-menu-analytics

  • Ferramentas do Google Webmasters Tools no Google Analytics

Agora você poderá importar as informações do Google Webmasters Tools para o Google Analytics. Desta forma terá informações de SEO e entender como seu site envolve o usuário a partir da Rede de Pesquisa (impressões, cliques, taxa de cliques e posição média).

  • Suporte expandido para mais 9 idiomas

Agora, o Google Analytics está disponível em mais nove idiomas: árabe, hebraico, croata, hindi, letão, romeno, eslovaco, sérvio, ucraniano.

Lembrando que o Google apresentou outras novas ferramentas para o Google Analytics, ao final de 2011, como:

  • Google Analytics em tempo real;
  • Funis Multicanais;
  • Relatórios para Celular;
  • Visualização de Navegação.

O que há de Novo no Google Analytics?

A nova versão do Google Analytics já está no ar, porém muitos ainda desconhecem essa novidade.  Além da interface reformulada que facilita ainda mais a análise dos dados, o usuário encontrará alguns novos recursos bastante interessantes. Confira a seguir algumas dessas novas ferramentas do novo Google Analytics:

Google Analytics em tempo real

Esse novo recurso permite que você acompanhe o que está acontecendo no seu site neste exato momento. Cada visualização de página é constantemente contabilizada pela ferramenta e o resultado é apresentado por segundo e por minuto também.

 

Google Analytics tempo real

Funis Multicanais

Com este recurso é possível visualizar quais canais seus usuários interagem durante o período de 30 dias que antecedem a conversão ou a compra do produto e/ou serviço. Os dados sobre o caminho de conversão incluem interações com vários canais de mídias, incluindo os cliques em pesquisas orgânica, pagas, redirecionadas, redes sociais e rede de display.

 

Funis Multicanais

Relatórios para Celular

Esse recurso é bastante interessante, tendo em vista o aumento de tráfego vindo dos dispositivos móveis. Aqui você entenderá como os visitantes estão interagindo por celular com o site. É possível também visualizar quais os dispositivos móveis os usuários estão utilizando, desta forma pode-se otimizar o site para esses dispositivos.

 

Relatórios para Celular

Visualização de Navegação

É uma ferramenta com um design surpreendente, em que é possível ver graficamente como os usuários navegam pelo seu site.

 

Visualização de Navegação